Imagem capa - 5 DICAS PARA UM ENSAIO CRIATIVO por Filipe Abras Photography
Dicas Úteis

5 DICAS PARA UM ENSAIO CRIATIVO

Hoje em dia a maioria das pessoas adoram fazer uma selfie e estão sempre dando uns cliques com o celular por ai. Mas nem todo mundo tem o costume de fazer ensaios profissionais, e para alguns nunca pensaram em fazer um.


Pensando nisso, criei esse artigo com a ideia de ajudar as noivas que vão fazer o seu ensaio de pré casamento e estão sem ideias e principalmente quem está com vontade de renovar o estoque de fotos com um ensaio feminino ou masculino profissional.


Desta maneira, listei algumas dicas que podem dar uma ajudada na hora de pensar em uma nova proposta de ensaio e sair algo que você vai ter prazer de colocar em alguns lindos quadros emoldurados que vão enfeitar sua casa e fazer sua alto estima ir lá encima. Vamos as dicas?






1- Pesquise por ideias na internet

A internet está ai pra ajudar todo mundo e ela pode ser uma fonte riquíssima para ter ainda mais ideias para o seu ensaio. Inclusive, existe uma rede social que foi criada para este proposito, de dar ideias para se inspirar, e nesse mar de bom gosto você também encontra ensaios. O nome dessa invenção maravilhosa é PINTEREST.


Lá você pode encontrar milhares de inspirações para o seu ensaio e pode ir salvando tudo em uma galeria própria, o que facilita bastante para depois na hora de relembrar o que você achou legal. A dica principal para conseguir resultados ainda melhores é pesquisar por palavras chaves curtas e em inglês.


Exemplos de palavra chave para ensaios de casal: Pré Wedding, couple portrait, inspiration pre wedding, couple photography. A partir dai, já da uma ideia né? Rs. Você também pode procurar em português, os resultados são menores, mas também funciona.


Exemplos de palavra chave para ensaios: Street portrait, portrait, woman portrait, inspiration portrait, romantic portrait. Caso for mais sensual pode usar, boudoir, boudoir portrait, boudoir inspiration. E se for para ensaio masculino, só mudar os adjetivos femininos por masculinos.






2- Seja você mesma.

Agora que você já está com a cabeça borbulhando de ideias, o pulo do gato é lincar tudo isso com a sua personalidade própria como, o que você gosta fazer, qual a sua personalidade, onde você poderia encontrar uma locação semelhante com as das inspirações, fazer essa auto análise sempre ajuda. 


No caso dos casais vale a pensa pensar na história de vocês, como se conheceram, coisas que gostam de fazer juntos, lugares que vocês gostariam de ir ou que gostaram de conhecer e por ai vai. Ao pensar nessas coisas algumas boas ideias costumam aparecer e sempre são bem originais, além de ficar a sua cara.


Uma outra vantagem dessa pesquisa, são as poses, se inspire nelas para criar os seus retratos, com certeza vão ter alguns que iram combinar com o seu ensaio.



Pés descalços, sentados no sofá da casa de campo e curtindo um ao outro. Essa foto retratada perfeitamente a vibe desse casal super good vibes.




A Alicia é super alegre e alto astral, nada mais justo que um ensaio repleto de sorrisos e cores. Vale lembrar que essa foto também ilustra o próximo tópico, já que este fundo é um muro de uma casa que fica no centro de Betim.




A Carol é uma mulher apaixonada por livros, empresária, esposa e mãe. Algo mais clássico combinou perfeitamente com quem ela é.



3- A locação não precisa ser um cenário de filme.

A locação ajuda a contar a história sim e reforça a ideia do ensaio. Se tiver disponibilidade para viajar para um local incrível, ok, mas não é o caso de todo mundo né? Então vai a dica de usar lugares próximos a sua casa e esbanjar de pequenos elementos que encontramos por ai para as nossas locações.


Para um fotografo que tem um olhar apurado e boas referências (como você agora também vai ter), a composição está em qualquer lugar, já cansei de fazer ensaios em algumas ruas próximas ao meu escritório ou em bairros vizinhos, basta usar a imaginação e ter um olhar mais crítico para pequenos lugares, como cercas vivas, cercas de tela, texturas em muros, muros coloridos, a própria rua, casas com uma faixada retrô, prédios de tijolinhos, portões enferrujados e velhos, lotes vagos, estacionamentos e por ai vai.


Segue alguns exemplos:



Que tal um retrato na rua ao lado sua casa? Nessa foto o que menos importa é a locação, mas sim a pose da modelo, juntamente com o seu olhar, a florzinha na mão dela e o sol que vem pelas costas dela no contra-luz. 



Você também pode usar um muro legal, esses de tijolinhos são ótimos, mas também pode ficar com em um muro colorido, com trepadeiras, grafite, pichado e por ai vai.



Nos grandes centros talvez seja complicado achar uma fazenda que não está sendo usada, mas talvez você pode usar um lote vago, o resultado dependendo pode ser o mesmo.


Mais um retrato feito em uma rua comum, porém dessa vez em Belo Horizonte, no Bairro Mangabeiras.



Estacionamentos podem ser uma boa para um ensaio criativo, esses carrinhos de super mercado também podem ser um elemento que dê um visual bastante inusitado no seu ensaio.



Para esse retrato o fundo foi essa cerca de telas, algo que se pode achar em qualquer lugar não é?



Agora é só mapear lugares assim que você com certeza passa todos os dias e depois sair pra clicar. O olhar do fotógrafo por trás das câmeras conta muito e podem transformar um lugar feio em algo cheio de estilo, basta ter criatividade e acreditar que ali existe algo bom.


Além disso, vale lembrar que a luz é fundamental para o ensaio né? E ai cada fotógrafo tem a sua luz preferida. Para mim, a melhor é a luz natural e ela tem  hora certa para o clique, que é entre 16h e 18:00, no horário tradicional e de 17h ás 19:20 no horário de verão. Afinal, fotografia é luz!


4- Leve com você alguns elementos criativos!

Esses podem ser a cereja do bolo para o seu ensaio, mas fuja dos clichês de levar um quadro negro, plaquinhas com a inicial dos nomes e essas coisas que se vê em todo ensaio rs (porém se tiver uma ideia super criativa para eles ok)


Hoje em dia tem alguns apetrechos estão bem em alta nos ensaios e por dar uma cara bem legal para o seu. Entre eles estão, as fumaças coloridas, vela faisca, pó colorido, confete, balões gás (cuidado com esse, existe grande chance de ficar barango), algodão doce, sorvete, pisca pisca, câmeras antigas e por ai vai, pensar em coisas coloridas sempre ajuda rs








Usar animais de estimação também pode ser uma boa para fotos bem criativas. Também tem o violão que acaba ficando para segundo plano. Além disso, esse retrato foi feito no fundo da minha casa, ou seja, qualquer lugar é lugar rs.




Lembra que falei dos confetes? Então olha que legal o efeito que eles dão nas fotos. Além disso, esse retrato também foi feito em um lote vago no centro da cidade. Nada de viajar 300km para achar uma floresta rs



5- Tenha um bom relacionamento com o fotografo.

Confiar no profissional que está te clicando é de extrema importância, grande parte de um ensaio incrível, irá sair de um bom relacionamento entre vocês. Ter afinidade e empatia com o profissional irá ajudar com que você fique mais a vontade, relax e confiante. Vai por mim, isso influência 100% no resultado final, se tudo está indo bem, com certeza terá momentos espontâneos, sorrisos verdadeiros, olhares apaixonados e dezenas de fotos que retratam exatamente a melhor parte de você ou de vocês rs.


Para ajudar nisso, tenha uma boa conversa com o fotógrafo, compartilhe histórias legais, fale mais sobre você, exponha seus medos, coisas que você ama e adora, suas expectativas para o ensaio, o motivo de estar estar querendo realizar o ensaio, seja amigo desse camarada.


O ensaio ele é uma troca entre o fotógrafo e modelo, são duas visões de mundo diferentes que se encontram ali dentro da câmera e no final contam uma história. Então quanto mais próximos estiverem nesse relacionamento, as chances de dar certo e conseguir algo satisfatório aumentam.


Quando se tem uma sintonia e empatia entre fotógrafo e modelo, rola de fazer umas fotos assim, fora do padrão, pois um sabe o gosto e personalidade do outro.