Imagem capa - 5 ERROS AO CONTRATAR O BUFFET por Filipe Abras Photography
Dicas Úteis

5 ERROS AO CONTRATAR O BUFFET


Planejar um casamento não é tarefa fácil e muitas noivinhas quando se deparam com a quantidade de trabalho pela frente a reação automática é:


A) Surtar.


B) Chorar.


C) Manter a calma, ter fé em Deus e orar que tudo vai dar certo!


D) Todas as opções ao mesmo tempo.


Provavelmente deve ter escolhido a opção D, não é? Mas não se preocupe, estou aqui pra ajudar e este post irá te dar um help em uma das coisas mais importantes para o seu casamento, o buffet.


Para ser ainda mais preciso, neste tema convidei uma expert em organização de casamentos, a Gabriela Araújo, Sócia Proprietária da empresa Soberano Assessoria e Cerimonial. Juntamente listamos alguns passos que podem te ajudar e muuuuito a evitar problemas na contratação deste tipo de fornecedor. Vamos as dicas?


1. Não definir o número de convidados para a festa.


Ao contratar o serviço de buffet é importante que os noivos tenham certeza do número de convidados. Este é um dos fatores determinantes para o um bom planejamento da sua recepção de casamento. Isso também vale para outros eventos como para uma festa de aniversário infantil, bodas de casamento, 15 anos, eventos empresariais, etc.


Todos os cálculos dos serviços contratados são baseados no número de convidados. Então, antes de fazer contratações defina quantos convidados.


Para o buffet essa definição é muito importante, pois o número correto permite que a empresa prestadora de serviço tenha cálculos assertivos quanto às quantidades de alimentos e bebidas sem sobras excessivas e principalmente para que não falte nada.


Este cálculo também serve para evitar que você pague por convidado excedente. A maioria dos buffets, colocam em seus contratos um valor X, caso no dia do evento tenha mais convidados que o que foi contratado no ato de assinatura de contrato, será cobrado um valor diferenciado (mais caro) por pessoa ou multa.


2. Cardápio x Convidados


O gosto do anfitrião deve sim estar em cada detalhe do casamento, mas é aconselhável haver um equilíbrio. Os noivos não podem desconsiderar o paladar dos convidados. Será muito mais legal se o seu convidado ter boas lembranças e se sentir importante durante o evento, afinal todos que estão no seu casamento são pessoas muito especiais para você, não é mesmo?


Desta maneira, ao pensar no cardápio, não deixe de fora o que te agrada, mas procure opções que são “universais”. Pense nos convidados vegetarianos, nas crianças, nos convidados que possam ter alergias a determinados alimentos, no vovô, na vovó... O que é maravilhoso para um, pode ser uma péssima experiência para outro.  


Algumas empresas oferecem a opção de degustação / apresentação. Sempre são apresentadas excelentes dicas sobre a montagem do cardápio e elas sempre são bem vindas! Então abuse dessas vantagens para ter ainda mais segurança ao fechar este fornecedor.


3. Não saber como o serviço é prestado.


É importante que antes da assinatura do contrato com o Buffet, seja definido a forma como o serviço será oferecido. Fique atento a questões relacionadas a como os alimentos serão servidos; Qual melhor horário para servir o jantar; Como o jantar vai ser apresentado; Quantos garçons e qual a função de cada um deles.


São inúmeros detalhes que determinam o sucesso da festa. E esses serviços estão diretamente ligados ao estilo, horário, local, clima, número de convidados, etc.


E para que todo esse planejamento dê certo, é importante que o cerimonial acompanhe esse processo para que todos os detalhes sejam avaliados, e tudo esteja assegurado através do contrato. Além disso, o cerimonial irá certificar que tudo acertado no contrato está no lugar certo, na hora certa e da maneira correta. Até porque, a parte de planejar seu casamento já passou, a festa é hora de aproveitar tudo ao máximo, sem mais stress ou problemas para resolver.


4. Não saber o que o Buffet disponibiliza para uso.


Além da descrição de como esse serviço será prestado, é importante saber qual o material disponibilizado por eles para a prestação do serviço. Este material vai variar de acordo com o estilo do seu casamento, com o menu disponível, forma de servir os pratos e o que foi combinado com o buffet.


Caso o buffet não conheça o espaço onde será realizado o evento, faça uma visita técnica, juntamente com o cerimonial, antes de assinar o contrato. Assim o buffet fará uma avaliação sobre o que será necessário levar para estruturar o espaço. Nessa lista podem estar inclusos, freezers, mesa de apoio, forno / fogão, etc.


Se o buffet não disponibilizar a maior parte do material e mão de obra necessária, e seja preciso terceirizar muitos itens, pesquise empresas mais completas, assim a possibilidade de imprevisto será reduzida.


5. Não contratar o buffet com antecedência.


Deixar para contratar o serviço de buffet na última hora é um risco. Pois pode acontecer que aquela empresa que presta um serviço adequado ao estilo do seu evento, dentro do valor previsto, com boas referências, não tenha mais a sua data. E Essa dica serve também para qualquer outro fornecedor.


Normalmente as noivas mais precavidas iniciam o planejamento do seu casamento com até 2 anos de antecedência, e já neste período começam a fechar alguns contratos. Neste contexto, é preciso ser ainda mais rápido quando o seu casamento está marcado para maio ou setembro, que hoje são os meses mais cobiçados pelas noivas e os fornecedores tem suas datas esgotadas rapidamente.


Para o sucesso de um evento, os cuidados com os detalhes são primordiais. Então ao encontrar uma empresa ideal, contrate o quanto antes. Lembrando que é interessante fazer o pagamento com uma entrada (cada empresa tem um valor estabelecido) e o restante próximo ao evento.


Essas foram algumas dicas para você não errar na escolha do  buffet para casamento  e caso ainda tenha alguma dúvida ou sugestão de tema, escreva nos comentários ou então nos envie uma mensagem por e-mail que responderei com todo o prazer. :)